Câmara Unida: Liderado pelo Presidente Dudu Moreira comitiva de vereadores conseguem apoio para revogação da Lei Territórial no parlamento estadual

June 26, 2019

Graças a um trabalho intenso liderado pelo presidente da Câmara Dudu Moreira, juntamente com os vereadores da base e o prefeito Valdirzinho, juntos com vereadores, a Assembleia Legislativa aprovou, nessa terça-feira (25), projeto que revoga a nova redivisão territorial de 43 municípios de Mato Grosso. Beneficiando o munícipio de Santo Antônio de Leverger. 

Desde do ano de 2017, a câmara de vereadores junto com a prefeitura vem lutando pela revogação dessa lei, onde chegaram a obter uma decisão judicial liminar, que garantia os antigos limites, mas o importante texto prevê finalmente a revogação das leis nº 10.403 (de 02/06/16) e nº 10.500 (18/01/17). 

Segundo Dudu Moreira, essas leis estabelecem novos limites para cidades de praticamente todas as regiões, sendo que Santo Antônio de Leverger foi uma das mais prejudicadas. 

"Perdemos áreas como Porto de Fora, Varginha e áreas de usinas açucareiras históricas que foram importantes para a economia de Mato Grosso, como Itaicy, patrimônio tombado pelo estado e Iphan". 

"Leverger deixou de contar com áreas produtoras que passaram para municípios como Campo Verde, o que afetaria ainda a economia da nossa cidade, alem de perder os investimentos ja realizados nas comunidades". Finalizou Dudu Moreira.  

Acompanharam a comitiva além do prefeito Valdirzinho, os vereadores Rômulo Queiroz, Denis Pinheiro, Mauro Amorim, Miguel José dos Santos, José Manoel, Fábio Teixeira, Hamilton Silva, Hugo Padilha e Adelmar Galio. 

A proposta de autoria do Deputado Elizeu Nascimento foi aprovada em primeira votação com 13 assinaturas, restando somente mais uma apreciação. 

 

 

Assessoria de Imprensa 

Câmara Municipal de Leverger

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

CONTAS ABERTA: Hospital de Câncer de Mato Grosso lança Portal de Transparência

December 12, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo