Acorizal: Dívidas deixadas por gestões passadas podem fazer o D.A.E perder seu prédio

November 28, 2018

Dívidas deixadas pelas gestões passadas, podem fazer o município perder o prédio do D.A.E, para o estado de MT. A gestão do ex-prefeito Meraldo Sá (Sem Partido), fez um acordo de pagamento da dívida do município com a massa falida da Sanemat, pela sede do D.A.E que pertencia a antiga companhia de água do estado de Mato Grosso,. Esse acordo previa o pagamento em parcelas. 

Mas o ex - prefeito acabou não cumprindo nenhum pagamento, onde a dívida se arrastou e foi parar na justiça. Já na gestão do ex-prefeito Chindo (PSB), foi feito um novo acordo para a quitação da dívida com o estado, mas, passaram-se quatro anos de sua gestão e mais uma vez nenhum centavo foi pago ao estado.

Agora, doze anos depois, o estado ganhou a ação na segunda instância que movia contra o município para receber o valor devido pelo prédio, no Tribunal de Justiça de Mato Grosso o processo tem o número 0080233-16.2014.811.000. Na decisão a justiça deu um prazo para a prefeitura efetuar o pagamento ou terá que entregar o prédio novamente para o estado, onde hoje funciona o D.A.E do município, causando um transtorno incalculável para a população.

A nossa reportagem procurou o prefeito Clodoaldo Monteiro, por telefone confirmou o fato e disse que sua assessoria está tomando as providências necessárias para a população não ser penalizada por erros de gestores anteriores.

"Já fomos notificados, encaminhei para a minha assessoria jurídica, para tomar as medidas necessárias, infelizmente estamos sofrendo desde o começo da nossa gestão por dívidas das gestões anteriores, que vai desde fornecedores, energia elétrica e não prestação de contas de convênios, temos que tirar dinheiro que iria para investimentos, para quitar essas dívidas, que hoje estão quase todas judicializadas e em processo de cumprimento de sentença, ou seja, paga ou a justiça bloqueia as contas da prefeitura". Disse Clodoaldo Monteiro.

Outro Lado:

A nossa equipe de reportagem procurou os ex-prefeitos Meraldo Sá e Chindo, todos negaram as acusações e disseram que esse processo se arrasta por décadas. 

 

 

Da Redação 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

JOGO DRAMÁTICO: Brasil bate o México e é tetra do sub-17

November 18, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo