STJ concede liberdade para Neri Geller

November 12, 2018

O ministro Nefi Cordeiro, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), concedeu há pouco um habeas corpus ao deputado federal eleito Neri Geller (PP). O ex-ministro da Agricultura estava preso desde a última sexta-feira em razão da “Operação Capitu”, que apura pagamento de propina a agentes públicos para beneficiar a JBS no ano de 2014. 

O habeas corpus foi impetrado na manhã de hoje pelos advogados Ricardo Monteiro e Flávio Barra e a decisão saiu no final da tarde. A expectativa é de que que Geller deixe ainda hoje o complexo penitenciário da Mata Grande, em Rondonópolis, onde estava desde sua prisão.

As razões para conceder a liminar ainda não foram divulgadas. A íntegra da decisão estará disponível apenas no dia 13 de novembro.

Geller estava preso sob acusação de receber R$ 250 mil da JBS pra favorecer os interesses da empresa no Ministério da Agricultura, pasta que comandou entre março e dezembro de 2014. Uma foto sua ao lado de Florisvaldo Oliveira foi usada como prova. A imagem, de outubro de 2014, foi registrada logo após o executivo da empresa deixar a mala com dinheiro no gabinete dele.

Além de Geller, a operação levou à prisão o sócio da JBS, Joesley Batista, o executivo Ricardo Saud, o vice-governador de Minas Gerais, Antônio Andrade, é o ex-secretário de Defesa Agropecuária, Rodrigo Figueiredo. O ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, que já se encontrava preso, teve novo mandado de prisão expedido.

OUTRO LADO

Por meio de nota, a defesa do deputado destacou que Neri está "sereno" e "confiante na Justiça". A defesa garante que o futuro parlamentar está a disposição da Justiça para prestar os esclarecimentos necessários.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

O deputado federal Neri Geller, envolvido na Operação da Polícia Federal, deflagrada na última sexta-feira (09/11), acaba de ter HC concedido e responderá pelas acusações em liberdade. O deputado recebeu a notícia com serenidade e se diz “confiante na Justiça”. Os advogados agora tentam cumprir a determinação para que Geller retome suas atividades e, preste todos os esclarecimentos necessários ao restabelecimento da verdade.



Assessoria Jurídica 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Líder da bancada de MT Neri Geller comemora MP da regularização fundiária

December 10, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo