PTB condena "ditadura" em MT e sinaliza aliança com oposição ao Governo

Com as bandeiras da Juventude, Mulher e Municipalismo a Executiva do PTB em Cuiabá realizou ato de filiação na manhã deste sábado (24), no Hotel Fazenda Mato Grosso. Ingressaram no partido 400 novas lideranças.

 

 

O evento reuniu militantes históricos da sigla e lideranças de partidos como PSDB, DEM, PDT, MDB, PRB, PP, PR, PSD e o Solidariedade. Para muitos, o encontro extrapolou o limite municipal com presenças de petebistas de Sorriso, Jaciara, Cáceres, Santo Antônio de Leverger e Várzea Grande.

Com o salão lotado pela militância e aliados, o presidente do PTB e vice-prefeito de Cuiabá, Niuan Ribeiro, deu boas-vindas aos novos filiados e disse que o número de petebistas deve aumentar ainda mais até o dia 07 de abril, prazo legal para a adesão de novos filiados aptos a disputarem as eleições de 2018. “Vivemos um  momento conturbado, no qual a política e os políticos estão sendo postos à prova. Mas, não é o momento de desistir”, definiu Niuan.

 

“O PTB busca se reorganizar e principalmente se aproximar da base”, avaliou. 

O advogado de 33 anos de idade e 16 de filiação afirma que colocou o nome à disposição do PTB para concorrer uma vaga na Assembleia Legislativa e que o PTB caminha na construção de uma chapa de oposição ao atual governo estadual. Porém, ressaltou que essa definição só será feita nas convenções partidárias. “Acredito que a mudança deste país se dará pela juventude e com a presença da mulher. O PTB vem trabalhando lideranças, dialogando com outras siglas para a construção a chapa proporcional  para  deputado federal e estadual pois acreditamos que a política é capaz de transformar a sociedade”, avalia.

 

“O PTB te objetivo de fazer no mínimo 3 deputados estaduais e um federal nas próximas eleições e tem nas suas fileiras nomes fortes para pleitear majoritária”, antecipou Niuan.

 

Para o presidente do PTB de Mato Grosso e ex-prefeito da Capital, Chico Galindo, os jovens são o futuro a nação, mesclando a juventude com o aconselhamento dos mais experientes o PTB se mostra forte. “Nossas bandeiras são a juventude, a mulher e o municipalismo e com isso queremos somar nas construção de um projeto para melhorar a vidas do povo de Mato Grosso”, comentou.

 

O presidente de honra do partido, que já foi governador, senador, deputado estadual e federal, Osvaldo Sobrinho, afirmou que Mato Grosso precisa de democratas e não de ditadores. “A política de hoje é feita por pessoas que pensam no amanhã. Este amanhã é dos jovens, que pensam por suas próprias cabeças. O PTB é um partido livre onde as ideias são aceitas pelo convencimento”, disse ao convidar a juventude para ingressar ao partido.

 

O vice-governador, Carlos Fávaro (PSD) prestigiou o evento e lembrou que o Brasil vive uma revolução silenciosa não só ética e moral, como de símbolos. “Foi-se o tempo de caciques na política. Temos que tomar nossas decisões sem medos ou coação. Vejo no PTB a união da juventude e da experiência que nos agrada. No PSD tomamos a decisão de independência em 2018 e tenho dialogado com muitas lideranças para definirmos qual o melhor caminho a seguir”, explicou.

 

O senador Wellington Fagundes (PR) destacou que tem dialogado com lideranças do PDT, MDB, PSD e PV para viabilidade do seu nome a Governo do Estado em uma chapa de oposição e que o momento de articulação é agora. “Vejo aqui no PTB muitos companheiros de lutas. Estamos construindo um projeto que possa caber a maioria das siglas, pois é um grande desafio encarar e ganhar uma eleição e depois é mais difícil ainda de congregar outros partidos. Defendemos uma chapa de oposição ao atual governo, mas sem discriminações”, resumiu.

 

O secretário de Assuntos Estratégicos de Várzea Grande Jayme Campos (DEM) declarou que se sente em casa no evento do PTB, pois o partido sempre esteve ao seu lado. “A visão moderada do partido, a força da mulher e da juventude aliada a experiência são riquezas que transformam a vida das pessoas. Então independente do meu partido posso dizer contem com o Jayme Campos”, decretou. 

O deputado federal Nilson Leitão (PSDB) fez questão de prestigiar o evento do PTB e declarar que gratidão não tem prazo de validade. “Fui prefeito de Sinop e deputado federal por dois mandatos e o PTB sempre esteve comigo. Não sou daqueles que só se lembra de quem está com você no último degrau, sou grato por quem me deu a mão lá no começo”, revelou.

O  deputado Adilton Sachetti (PRB) também marcou presença no evento. ”O Estado passou por transformações e precisa de mais. Estou neste momento conversando com várias lideranças, sei que projeto para o Estado deve se sobrepor à vontade pessoal e estamos nessa construção”. 

Ainda estiveram no ato de filiação do PTB, o presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), Neurilan Fraga (PSD), vereadores por Cuiabá Misael Galvão (PSB), Marcos Veloso (PV), secretários municipais de Cuiabá, como José Roberto Stopa, Francisco Vuolo e Alex Vieira e de Estado como Luís Carlos Nigro. 

Além das lideranças petebistas: presidente do PTB Mulher Cuiabá, Ana Arruda, presidente d PTB Juventude Rodrigo Rocha e as vereadoras (por Sorriso) professora Silvana e professora Marisa,  (por  Santo Antônio do Leverger) Gisele Paim e a suplente Jaci.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Desaparecido: Cachoro encontra corpo de homem enterrado no quintal de casa

November 12, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo