DEM confirma filiação de Mauro e garante candidatura majoritária em MT

February 27, 2018

O ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (ainda no PSB), “bateu o martelo” e vai se filiar ao DEM no próximo mês de março. Ele anunciou sua decisão num jantar na noite de ontem, que contou com as principais lideranças do partido, como o deputado federal Fábio Garcia e os ex-governadores Júlio Campos e Jaime Campos.

 

 

Além de Mauro, outros dois dissidentes do PSB vão aderir ao DEM em março. São eles: o presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho e o deputado estadual Adriano Silva.  

 

Segundo Fábio Garcia, a reunião debateu apenas o fortalecimento do DEM, mas não tratou sobre eventual candidatura dele nas eleições de outubro. “Discutimos o processo de fortalecimento do DEM. Nós não tratamos sobre eleição e em que posição cada um jogará”, disse o deputado em entrevista a Rádio Vila Real FM.

 

Porém, o deputado federal considera legítimo o DEM pleitear vagas na majoritária nas eleições deste ano. Segundo ele, o partido passa a reunir um grande quadro de lideranças políticas.

“É obvio que o Mauro, pela liderança política que tem, pelo trabalho que fez em Cuiabá, está apto a disputar qualquer cargo na eleição de 2018. Não só o Mauro, mas também o Jaime Campos, Adilton Sachetti, Eduardo Botelho eles estão aptos a disputar qualquer cargo, mas nada foi definido ainda”, frisou.

 

Apesar de citar o deputado Adilton Sachetti, o deputado Fábio Garcia afirmou que ele ainda avalia o partido em que se filiará. "Com a saída do Blairo Maggi, ele pediu para reavaliar. É natural, porque eles são do mesmo segmento, da mesma região são amigos e ele vai consultar seu grupo político para tomar a decisão".

 

O deputado federal, que ingressou na sigla após divergências com a cúpula nacional do PSB, afirmou que as discussões iniciais giram em torno do fortalecimento partidário. Segundo ele, somente após o final do prazo de filiações e com a janela partidária serão iniciados os diálogos para a posição do partido nas eleições deste ano. "Única coisa que veja com muita convicção é de que o DEM estará na chapa majoritária em 2018, não tenho dúvida disso. Agora, na onde nós ficaremos é depois do processo de filiação, da janela partidária e do processo de fotalecimento, nós vamos discutir aonda nós vamos jogar esse jogo", disse o parlamentar.

 

A única certeza que Garcia deu é de que o partido terá candidato ao Governo ou Senado, destacando que o DEM é o "movimento político mais interessante para as eleições deste ano". "Agora, uma candidatura não se constroi dentro de uma sala com 6 ou 7 pessoas. É preciso ouvir a sociedade, todo o grupo político e, deste sentimento, surgir com a candidatura", assinalou.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

JOGO DRAMÁTICO: Brasil bate o México e é tetra do sub-17

November 18, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo