• Sérgio Luiz Potrich

Economia: Neri Geller atuou fortemente na liberação de novas plantas frigoríficas para exportação de


O Brasil vai vender mais carnes para a China, com a habilitação de mais 25 frigoríficos. Na ultima segunda-feira (9), o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) recebeu um comunicado da GACC, órgão de sanidade chinês, informando a habilitação dessas plantas para a exportação de carnes para o país asiático. 

Dos 25 frigoríficos habilitados, 17 são produtores de carne bovina, seis de frango, um de suíno e um de asinino. As empresas já podem exportar imediatamente. Com a decisão do órgão de sanidade chinês, o número de plantas habilitadas passa de 64 para 89. Sendo a única planta de suíno habilitado no município de Lucas de Rio Verde, cidade do coordenador da bancada deputado Neri Geller, a bancada de Mato Grosso, teve participação importante nas tratativas e negociações através do deputado Neri Geller, que já foi ministro da agricultura e participou de diversas reuniões além de fazer várias viagens. Com esse trabalho da Bancada de Mato Grosso. O centro-oeste é a região com mais frigoríficos autorizados na nova decisão, com 12 empresas, sendo a maioria do Mato Grosso. As habilitações eram aguardadas pelo mercado brasileiro, já que nos últimos meses a China vinha fazendo inspeções em unidades do País, chegando até a adotar a videoconferência, método que ainda não havia sido utilizado. O gigante asiático tem forte demanda por proteína animal em decorrência da peste suína africana, que vem devastando plantéis locais e causando falta de oferta. 

Da Redação 


22 visualizações
Quem Somos | Redação | Contato
  • Zero Hora Notícias

© 2017 por CaradaWeb.com | Todos direitos reservados.