• Sérgio Luiz Potrich

Noite de Sonhos Realizados: Em uma noite emocionante casais dizem sim em casamento comunitário em Ba


A dona de casa Ana Paula Coelho, 21 anos, sempre sonhou em se casar e na noite desta terça-feira (6) realizou o desejo, com direito ao pacote completo: vestido branco, buquê de flores, coroa, maquiagem, entrada pelo tapete vermelho, daminha e as alianças. O noivo, o estudante Renã Amorim, 22, usava terno e gravata. O filhinho do casal, Yuri Miguel, de um aninho acompanhava tudo feliz da vida. Os dois estão juntos há 2 anos. 

"Estou tremendo de emoção", revela Ana Paula. "O projeto realiza o sonho de toda mulher. Por isso fiz questão de usar o traje de noiva", revela. O noivo disse que a situação financeira impedia que o casamento saísse. "É uma mão na roda. Ainda mais com filho pequeno e a gente começando a vida", avalia. 

O mesmo sentimento de alegria era compartilhado pela pescadora Laís da Silva Cruz, 27, o autônomo Wagner Dias, 35, e a filha deles, a pequena Layane de 7 anos. O casal se relaciona há 11 anos e assim como a família Amorim formalizou a união durante o casamento comunitário para 16 casais proporcionado pela Prefeitura Municipal e o Projeto Ribeirinho Cidadão. 

"Estávamos pensando em casar já, mas toda vez tinha algo e a gente adiava. Não podíamos perder está oportunidade", conta Laís. "Eu já me sentia casado, mas como ela fazia questão de oficializar estou fazendo por ela", confessa Wagner. 

O clima de amor estava presente em cada detalhe da decoração do Centro de Tradição Pantaneira Nana Maciel, centro da cidade. Os porta-guardanapos de coração nas mesas dos convidados, a palavra "Love" espalhada pelo salão, tapete, flores, e a cor vermelha destacando cada canto, tudo preparado pela prefeitura do município, com coordenação da primeira dama Cris Veronica. 

"Desejo a todos os casais que sejam mais felizes ainda. A família é a base de tudo", declarou a primeira-dama e secretaria de assistência social do município Cris Veronica Queiroz. 

O prefeito de Barão Elvio de Souza Queiroz agradeceu os parceiros pela realização do projeto no município e pediu que as ações fossem estendidas para outras localidades. "Prova de que a ação é um sucesso", avaliou. "Só o fato do INSS ter vindo e regularizar a situação de 200 pescadores é motivo para se comemorar", destacou. "Temos família aqui começando, outras que já estão juntos há anos e queria formalizar a união perante a lei. Que Deus abençoe".


96 visualizações
Quem Somos | Redação | Contato
  • Zero Hora Notícias

© 2017 por CaradaWeb.com | Todos direitos reservados.