• Sérgio Luiz Potrich

Lucas do Rio Verde: Prefeito Binotti recebe com entusiasmo resultado do Ideb 2017


Lucas do Rio Verde obteve grandes resultados no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) referente ao ano 2017. O resultado do índice foi divulgado nesta segunda-feira (03) em todo o país. 

Nos anos iniciais, Lucas do Rio Verde ultrapassou a meta projetada para 2021 (6.5), obtendo a nota 6.7 e ficando em segundo lugar no Mato Grosso entre as escolas municipais, dividindo esta colocação com o município de Porto dos Gaúchos. Nos anos finais, o município conquistou a nota 5.8, também se posicionando na segunda colocação entre as escolas municipais. Na última edição do Ideb, referente ao ano 2015, o município obteve nota 6.5 nos anos iniciais e 5.5 nos anos finais. Em 2017, a média nacional das escolas da rede pública nos anos iniciais ficou 5.5 e nos anos finais 4.4. Em relação ao Estado de Mato Grosso, a média das escolas públicas foi 5.7 nos anos iniciais e 4.7 nos anos finais. A secretária municipal de Educação, Cleusa De Marco, ressalta que o índice alcançado no Ideb 2017 é resultado do esforço de todos que trabalham pela educação. “A aprendizagem das crianças é resultado de profissionais dedicados e de ações planejadas que a administração desenvolve na educação do município. São vários projetos que estão em andamento que visam melhorar cada vez mais a educação, como formações continuadas, incentivo ao trabalho pedagógico, inovação na metodologia aplicada em sala de aula e fortalecimento da comunidade escolar”, explica Cleusa. O prefeito Luiz Binotti também comemorou o resultado e destaca a importância em dar continuidade ao trabalho. “Toda a equipe está muito satisfeita com esse resultado, é uma a forma de mostrar que estamos no caminho certo e que devemos sempre trabalhar e lutar por uma educação de qualidade para todas nossas crianças. A partir de agora precisamos seguir em frente e buscar mais conhecimento para nossos alunos”. Ideb O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, Ideb, é uma iniciativa do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) para mensurar o desempenho do sistema educacional brasileiro a partir da combinação entre a proficiência obtida pelos estudantes em avaliações externas de larga escala (Saeb) e a taxa de aprovação, indicador que tem influência na eficiência do fluxo escolar, ou seja, na progressão dos estudantes entre etapas/anos na educação básica. Essas duas dimensões, que refletem problemas estruturais da educação básica brasileira, precisam ser aprimoradas para que o país alcance níveis educacionais compatíveis com seu potencial de desenvolvimento e para garantia do direito educacional expresso em nossa constituição federal. 

#LucasdoRioVerde

11 visualizações
Quem Somos | Redação | Contato
  • Zero Hora Notícias

© 2017 por CaradaWeb.com | Todos direitos reservados.