• Sérgio Luiz Potrich

Justiça Feita: TRE - MT absolve prefeito de Poconé Tata Amaral


O Tribunal Regional Eleitoral de MT, julgou improcedente pedido da Coligação “Avante Poconé” para cassar os mandatos de quatro vereadores de Poconé. A decisão foi prolatada nesta última quarta-feira (1). 

Com a decisão ficam mantidos os mandatos dos vereadores Professor Bal (DEM); Ademir Zulli (PTB); Zé Correa (PR) e Camila de Jean (PSC). Os quatro vereadores foram eleitos formadas por duas coligações. Para a chapa majoritária eles apoiaram o atual prefeito Tatá Amaral, que venceu as eleições em Poconé. A Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) foi ajuizada pela Coligação “Avante Poconé” liderada pela ex-prefeita derrotada, Meire Adauto, sob a alegação de fraude no que se refere às candidaturas do sexo feminino pleiteada pelos investigados. Ao final, a coligação pedia que fossem desconstituídos os mandatos dos eleitos e nulos os votos atribuídos por todos os candidatos da coligação. Após analisar as denúncias e os argumentos apresentados pela defesa e, em consonância com o parecer do Ministério Público Eleitoral, o TRE-MT por unanimidade julgou improcedente os pedidos formulados nos autos e negou o recurso. 

#Poconé

46 visualizações
Quem Somos | Redação | Contato
  • Zero Hora Notícias

© 2017 por CaradaWeb.com | Todos direitos reservados.