• Sérgio Luiz Potrich

CADE O DINHEIRO QUE ESTAVA AQUI – PARTE 2


Dias atrás esta coluna publicou matéria referente a um certo vereador da terra do Governador que prega “mudança com responsabilidade” nos dias atuais, mais como diz aquele velho ditado “faça o que eu falo, não faça o que eu faço” quando vez parte da gestão municipal causou grandes rombos aos cofres públicos. 

Foram mais de 20 (vinte) anos de abusos e de desmandos, que como todos na pequena cidade serviram por muitos anos até mesmo para saciar sua gana por corridas de cavalo, vicio este que ao que esta coluna pode constatar, perdura até dias atuais. Na segunda parte de nossa historia, agora iremos relatar sobre a existência de processos no Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso e também de inquérito civil publico movido pelo Ministério Publico Estadual que investigam “supostos” desvios de finalidade e mal uso de recursos públicos que deveriam ter sido utilizados apenas para a contratação da Banda Raça Negra durante as comemorações dos 152 anos de emancipação política e administrativa da cidade de Rosário Oeste – MT na gestão do então ex-prefeito Joemil Araujo. Na época foram repassados pelo Governo do Estado de Mato Grosso R$ 88.000,00 (oitenta e oito mil reais) através do convenio 069/2012 para contratação da banda e realização do evento, sendo o nobre vereador envolvido diretamente na organização do evento. Segue descrito na narrativa encontrada nos autos 93424/2016 que tramita no Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso, que os valores foram creditados em 23.04.2012, e sacados na ‘boca do caixa” em 26.12.2012 na agencia do Banco do Brasil SA por um funcionário da Prefeitura na gestão do então ex-prefeito Joemil Araujo, sendo o primeiro saque no valor de R$ 30.000,00 (trinta mil reais) e a segundo saque no valor de R$ 2.000,00 (dois mil reais). Agora a pergunta que não quer calar é? 1. Estes recursos públicos sob suspeita de desvio e mal uso durante o período em que o atual vereador administrava sua cidade, o nobre vereador nem se preocupa em fiscalizar? 2. Será que o nobre vereador não tem interesse de saber o destino destes recursos? Em breve continuaremos nossa saga, trazendo mais historias que envolvem nosso nobre vereador.  

#RosárioOeste

17 visualizações
Quem Somos | Redação | Contato
  • Zero Hora Notícias

© 2017 por CaradaWeb.com | Todos direitos reservados.