• Sérgio Luiz Potrich

Mulher é presa acusada de encomendar morte do marido e do amante em Mato Grosso


Uma mulher identificada como Cléia Rosa dos Santos, de 34 anos, foi presa na manhã deste sábado (24), acusada de mandar matar o marido, Jandirlei Alves Bueno, de 39 anos, em Sinop (480 km de Cuiabá). O crime foi cometido por seu então amante em 2016 em uma simulação de um latrocínio. Um ano depois ele também foi assassinado a mando da suspeita, que contou com a ajuda de dois guardas noturnos.

Ambos foram presos e, assim como Cléia, confessaram a participação no crime. Os restos mortais do amante foram localizados, hoje, enterrados em uma área de mata. A vítima, de acordo com a polícia, é Adriano dos Santos, 20 anos. Na mesma vala, os assassinos enterraram uma motocicleta, que foi encaminhada junto a ossada para análise da Perícia Oficial de Identificação Técnica (Politec). Investigadores da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) do município chegaram aos acusados nesta manhã e foram levados até o local onde estava o corpo de Adriano por eles. Neste crime, Cléia teria dopado o amante até que os executores chegassem no local. Adriano foi morto com golpes de enxada. A suspeita é que o amante passou a ameçá-la. Jandirlei, por sua vez, foi atingido por dois golpes de faca, em outubro de 2016, chegando a permanecer internado no Hospital Regional por quase dois meses, falecendo em seguida. Na data do crime a mulher contou à polícia que estava em casa com o marido quando foram rendidos por dois assaltantes. Diante de uma reação do homem, os bandidos então teriam o esfaqueado. O trio ainda é ouvido pela Polícia Civil.


0 visualização
Quem Somos | Redação | Contato
  • Zero Hora Notícias

© 2017 por CaradaWeb.com | Todos direitos reservados.