• Sérgio Luiz Potrich

Emanuel anuncia mudanças no secretariado em março; três devem sair


O prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB) afirmou que deve finalizar a reforma do seu secretariado até o dia primeiro de março. De acordo com o prefeito, ainda serão necessárias algumas conversas para que ele anuncie quais mudanças vão ser feitas e quem assumirá os postos.

Há também a possibilidade da fusão de algumas secretarias. “Estou dialogando e tem algumas questões que são prerrogativas mesmo, são escolhas pessoais do prefeito, mas até primeiro de março eu encerro este ciclo, neste momento. Não dá para antecipar, mas vou anunciar para vocês. Fico me segurando porque senão começo a antecipar algumas coisas que ainda estão sendo maturadas, conversadas. Por isso, não quero me precipitar”, disse o prefeito.

Entre as prováveis mudanças do primeiro escalão municipal estão a saída dos secretários Francisco Vuolo (Cultura), Carlos Roberto da Costa "Nezinho" (Governo) e Nestor Fidelis (Procuradoria-geral). No entanto, outros nomes ainda podem surgir nesta fase da reforma administrativa.

Emanuel Pinheiro já fez algumas mudanças em seu secretariado em 2018. A primeira delas foi a saída do defensor público Djalma Sabo Mendes, da Habitação e Regularização Fundiária, já que pretende disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa nas eleições deste ano. Em seu lugar assumiu o também defensor público Air Praeiro.

Outra mudança foi a saída da jornalista Karol Garcia, que deixou a Inovação e Comunicação. Quem assumiu a pasta foi Marcus Brito, que já respondia pela Controladoria-Geral do Município.

RELATÓRIO DA PF

Em relação ao relatório apresentado pela Polícia Federal sobre as investigações da "Operação Malebolge", o prefeito minimizou as informações apresentadas e afirmou que provará sua inocência. “O relatório tem 1800 páginas e a minha é uma página e meia só, o que já mostra que a verdade está aparecendo”, disse.


3 visualizações
Quem Somos | Redação | Contato
  • Zero Hora Notícias

© 2017 por CaradaWeb.com | Todos direitos reservados.