• Redação

Agora é Lei: Pacientes com hanseníase tem prioridade de atendimento na saúde bucal


A lei é de autoria do Deputado Dr. Leonardo e visa priorização em relação às pessoas hansênicas é de suma importância que o diagnóstico precoce de infecções odontogênicas

Agora o paciente de hanseníase tem prioridade no atendimento dentro do Plano Estadual de Saúde Bucal, desde o dia 17 de janeiro, por força de lei estadual. A via oral é a principal porta de entrada dos microorganismos da hanseníase, sendo que sintomas dessa doença podem aparecer na boca.

“A priorização em relação às pessoas hansênicas é de suma importância que o diagnóstico precoce de infecções odontogênicas possa evitar possíveis crises decorrentes da hanseníase, que acarretam deformações permanentes no corpo do enfermo”, afirmou o deputado Dr Leonardo (PSD), autor da lei estadual 10.684, de 2018, que garante o atendimento prioritário a pacientes de hanseníase. Médico e com o desejo de melhorar o atendimento da saúde pública, o parlamentar baseou seu projeto de lei na pesquisa da professora da UFMT Denise da Costa Boamorte Cortela. Conforme o trabalho da professora, uma vez infectada, a mucosa bucal precisa de cuidados redobrados para auxiliar no tratamento da doença. A publicação da lei se complementa ao lançamento do Plano Estadual de Enfrentamento à Hanseníase, nesta quarta-feira (31), às 8h, no salão Nobre Cloves Vettorato, no Palácio Paiaguás.


0 visualização
Quem Somos | Redação | Contato
  • Zero Hora Notícias

© 2017 por CaradaWeb.com | Todos direitos reservados.