• Redação

Cuiabá teve 142 assassinatos em 2017; em VG, o total foi de 65


O número de homicídios em Cuiabá e Várzea Grande foi o menor na década, segundo dados divulgados pela Secretaria de Estado de Segurança, nesta quinta-feira (18). Em Mato Grosso, a taxa é a menor em cinco anos.

Em 2017, houve 142 assassinatos na Capital, o que representa uma redução de 28% no comparativo com 2016.

Em Várzea Grande, a redução foi ainda mais drástica: 65 casos em 2017 contra 123 em 2016, o que dá uma redução de 47% no período.

Os números foram divulgados pelo Governo, em uma entrevista coletiva, da qual participaram o secretário de Estado de Segurança Pública, Gustavo Garcia, e o governador Pedro Taques (PSDB).

Em Mato Grosso, também houve redução dos assassinatos, porém mais tímida. A queda foi de 10%, entre 2016 e 2017 – de 1.086 para 974.

“A redução da violência nos grandes centros foi fantástica. Os números são arrasadores em Cuiabá, Várzea Grande, Sinop e Rondonópolis”, afirmou o governador, na entrevista coletiva.

"Eu queria pedir um favor aos jornalistas. Comparem estes números com outros Estados mais ou menos como Mato Grosso, como Ceará, Mato Grosso e Goiás", pediu.

A taxa de homicídio no Estado ficou, em 2017, em 29,12 casos para cada 100 mil habitantes. Em Cuiabá, essa taxa ficou 24,06 e em Várzea Grande caiu para 23,72.

“Isso vai ao encontro nosso planejamento estratégico. O Plano Estadual de Segurança prevê a redução ano a ano [da taxa de homicídios] para estar abaixo da média nacional. Atualmente, estamos praticamente na média nacional”, afirmou Gustavo Garcia.

Conforme a Sesp, entre 2016 e 2017, também houve redução no número de roubos (-29%), furtos (-13%) e latrocínio (-35%) na Capital. Mesmo movimento foi percebido em Várzea Grande, com índices de -33%, -2% e -72% respectivamente.

Em Mato Grosso, houve queda de 25% nos roubos e 35% nos latrocínios. Apenas no que diz respeito a furto houve aumento, de 2%.

#Segurança #Policia

9 visualizações
Quem Somos | Redação | Contato
  • Zero Hora Notícias

© 2017 por CaradaWeb.com | Todos direitos reservados.